Como a iluminação funciona nos ambientes? Parte 1: Cozinha

 em cozinha, Cristais, decoração, Dicas de Iluminação, iluminacao, led, lojadeiluminacao, tendencias

E agora? Qual luminária devo comprar?
Primeiro de tudo, vamos entender como a iluminação funciona nos ambientes, assim vai ficar mais fácil na hora da compra. Para que isso fique mais fácil de entender, vamos falar de cada ambiente, e a melhor forma de iluminar.

Começando pela cozinha, primeiro de tudo temos que entender que a cozinha é um local de trabalho, onde as refeições são preparadas. Ela também é um dos ambiente mais utilizados da casa, você sabia? E possui a função social. Agora que você ja aprendeu algumas curiosidades da cozinha, vamos ao que interessa, como a iluminação funciona neste ambiente.

Função da iluminação.

A. Iluminação geral.

A iluminação além de iluminar ela também traz a solução para algumas particularidades que a cozinha tem, assim deixando ela funcional e tornando o ambiente mais agradável e confortável. Agora vamos ver algumas dessas soluções que a iluminação traz.
Antes de qualquer coisa, vamos entender essas particularidades, a primeira delas é que como já disse anteriormente, a cozinha é um ambiente de trabalho, ela possui fluxos e áreas de trabalho e isso deve ser levado em consideração desde o inicio do projeto de iluminação. Este ambiente precisa de visibilidade geral e homogênea, bem distribuída, evitando sombras principalmente na área de trabalho.Vamos entender melhor isto:
A cozinha precisa sempre de uma iluminação principal, que podemos chamar de iluminação geral. Que costuma ser feita com painéis de LED e luminárias maiores, esta iluminação deve ser confortável e ao mesmo tempo suficiente para iluminar o espaço, como por exemplo:

Placas de LED, hoje existem muitos tamanhos e formas de placas na Palácio Ilumina Store, mas não se esqueça de levar em consideração o tipo de forro que existe no espaço, se for laje, a placa ideal será de sobrepor. Agora se for de gesso ou algum forro que dê para embutir, o ideal seria a placa de LED de embutir.

Fonte: Catalogo Palacio Ilumina Store.

O outro tipo de luminária que eu costumo utilizar nos meus projetos é o trilho eletrificado, pois é super funcional, podendo direcionar os spots para a bancada de trabalho, dando um foco e harmonia ao ambiente.

Fonte: Catalogo Palacio Ilumina Store.

A dicróica é uma ótima opção para luz direta, existem varias opções e algumas delas são a de embutir, de sobrepor e sopot.

Fonte: Catalogo Palacio Ilumina Store.

B. Iluminação decorativa.

A iluminação decorativa nos permite criar o que chamamos de cenas, deixando o ambiente mais aconchegante.Isso pode ser feita com uma iluminação direta na bancada com pendentes.

Fonte: Projeto Traço T

A fita ou o perfil de LED embutido nos móveis também traz esse aconchego, alem de ser um ponto de apoio pode servir como sinalizador, por exemplo: deixando ligada a noite, caso queira tomar um copo de água sem cair e se machucar na cozinha.

C. Iluminação de destaque.

Iluminação de destaque, como já diz o nome, serve para destacar, e neste caso utilizamos nas cristaleiras.E para isso, utilizamos as mini dicróica.

A ideia desse blog é orientar vocês na escolha da iluminação, sabendo qual tipo de luminária atenderá sua necessidade neste ambiente que passamos muito tempo de nossas vidas. E aqui vai mais uma dica. A iluminação faz toa diferença em um ambiente, por isso deve ser muito bem planejada, assim sendo funcional e esteticamente bonita, dando um destaque para o projeto.

Esta foi a Dica T da Thais Valim Kilipper da @TRACO_T , espero que tenham gostado, foi feito com muito carinho.

Me sigam no Instagram: @traco_t

OBRIGADA!

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Open chat







Entre em contato
Informe seu nome e fone para ser redirecionado ao nosso atendimento via Whatsapp agora mesmo.